Fundador do estúdio UFOTABLE é acusado de sonegar imposto


O departamento de investigação especial do Ministério Público de Tóquio emitiu uma acusação formal na sexta-feira ao estúdio UFOTABLE e também ao seu fundador, diretor representante e presidente Hikaru Kondo sob a acusação de violar a Lei de Imposto Corporativo e Lei de Imposto de Consumo. Eles supostamente não pagaram 137 milhões de ienes (cerca de US$ 1,24 milhão) em impostos.


Em nota divulgada em seu site na sexta-feira, a UFOTABLE reconheceu a acusação e deu garantias de que a empresa já havia apresentado a declaração de imposto de renda corrigida e pago o valor cabível.


O serviço de notícias da Kyodo informou que a acusação especifica que o estúdio supostamente deve 109 milhões de ienes (cerca de US$ 990.000) em impostos corporativos de 2015 a 2018, e 28 milhões de ienes (cerca de US$ 254.400) em impostos sobre o consumo de setembro de 2014 a agosto de 2018.


Reportagens anteriores do jornal The Mainichi Shimbun no ano passado alegaram que Kondo supostamente escondeu cerca de 30% dos lucros de alguns restaurantes com temática de anime da UFOTABLE em Tóquio e os armazenou em um cofre particular em casa. Esses relatórios disseram que a UFOTABLE supostamente devia 139 milhões de ienes (cerca de US$ 1,28 milhão) em impostos na época, enquanto a investigação estava se desenvolvendo.


A revista Weekly Bunshun Digital de Bungeishunju relatou em abril de 2019 que a UFOTABLE supostamente deve 400 milhões de ienes (cerca de US$ 3,57 milhões) em impostos, citando uma fonte do Tokyo Regional Taxation Bureau. O relatório observou que a UFOTABLE é suspeita de supostamente desviar fundos arrecadados em um leilão de caridade para o terremoto Tōhoku em 2011, uma violação do Código Penal que acarreta uma potencial sentença de prisão de não mais do que 10 anos. O Bureau Regional de Tributação de Tóquio conduziu uma busca nos escritórios da ufotable no início de março daquele ano como parte de uma investigação, mas acabou não entrando com as acusações.


Kondo acabou renunciando ao cargo de presidente do comitê executivo de Machi Asobi, evento de Tokushima do qual o UFOTABLE já foi a principal organizadora, em maio de 2019.


Kondo fundou a UFOTABLE em 2000, e o estúdio é talvez mais conhecido pelo anime Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba e seu filme de sucesso Demon Slayer - Kimetsu no Yaiba - The Movie: Mugen Train, bem como as várias adaptações da franquia FATE/ da Type-Moon, incluindo Fate/Zero e Fate/stay night: Unlimited Blade Works. O estúdio concluiu recentemente o terceiro e último filme da triológia Fate/stay night: Heaven's Feel em agosto do ano passado. O estúdio também fez adaptações para anime de The Garden of Sinners, da Type-Moon, e do anime Katsugeki: Touken Ranbu.


Fonte: ANN


Postar um comentário

0 Comentários